P&4

Programa de prevenção de problemas posturais na infância.

A idealização de uma história em quadrinhos em 2001, intitulada “Posturinha e Sua Turma®”, foi uma iniciativa das fisioterapeutas Marilia Christina Tenorio Rebolho e Vânia Albuquerque Cardinali, com o principal objetivo de desenvolver ações de educação postural nas escolas.

No período de agosto de 2001 a março de 2002, um projeto de iniciação científica empregou a história em quadrinhos como estratégia educativa e inovadora na área da Fisioterapia em 6 (seis) escolas municipais do ensino fundamental da capital paulista, buscando alcançar alunos que estivessem cursando da 1ª a 4ª série. O projeto foi chamado de P&4® – Programa de Prevenção de Problemas Posturais na Infância e o público alvo atingido foi de alunos, professores e equipes de funcionários das escolas. Constituiu-se em uma ação institucional realizada pelas duas fisioterapeutas em parceria com a Indústria de Brinquedos Bandeirante.

Em junho de 2002, a pesquisadora Marilia Christina Tenorio Rebolho iniciou o mestrado pela FMUSP para comparar duas estratégias educativas utilizando-se de uma história em quadrinhos (HQ) e de uma experiência prática (EP). Para todas as variáveis analisadas, houve aumento significativo no aprendizado e memorização dos hábitos posturais corretos em ambos os grupos, sem diferença relevante entre as duas estratégias educativas.

A nossa jornada tem sido árdua, porém muito gratificante, por explorarmos um tema pouco avaliado no Brasil. Os resultados apresentados apontam para necessidade de adoção de programas de promoção da saúde dos escolares, com ações especificamente voltadas para a educação postural.

 

Depoimentos

As fisioterapeutas Marília e Vânia realizam palestras sobre orientação postural em escolas. Por meio das história em quadrinhos “Posturinha e Sua Turma”, os escolares conseguem obter um excelente resultado na memorização e fixação dos hábitos posturais adequados.

Reservamos este espaço para alguns depoimentos de crianças e escolas.

“O gibi ajuda no desempenho postural e é muito bom porque tenho colegas que se sentam incorretamente.”

F.F.S, 10 anos – 4° série

“Eu achei muito legal porque nos ensina os danos das más posturas com desenhos, poucas palavras e muita explicação.”

A.D.M, 9 anos – 3° série

“Eu achei ótimo porque eu aprendi a sentar direito”

Y, 8 anos – 2° série

Segundo o depoimento de alguns professores, as palestras despertaram o educador para os problemas posturais na infância, assim como, foi um complemento significativo e reforço para o aprendizado.

 
Direitos autorais integralmente reservados. Proibida a reprodução.